Quer alugar seu imóvel? Conheça os primeiros passos! 

Você quer alugar seu imóvel? Essa é uma decisão que pode lhe trazer muitos benefícios a médio e longo prazo. Isso porque é uma excelente prática para obter uma fonte de renda extra e manter uma casa ou apartamento valorizada por anos. 

Desse modo, você concede o uso de uma propriedade em troca de uma remuneração mensal, através da firmação de contrato de locação com diversas cláusulas que asseguram essa modalidade de moradia. 

Mas você sabe por onde começar para alugar seu imóvel? Se ainda não, a Imobiliária João Costa preparou este artigo completo explicando tudo sobre o assunto. Acompanhe a seguir!

As principais vantagens de alugar seu imóvel

O aluguel de imóveis proporciona muitas vantagens financeiras para as pessoas. Se você tem uma propriedade e deseja alugá-la, confira quais benefícios tende a usufruir:

Renda passiva

É a vantagem de maior destaque ao optar por alugar seu imóvel. É uma ótima forma para complementar a sua renda, principalmente em tempos de crise econômica. A renda obtida do aluguel pode ajudar a cobrir custos pessoais, pagar despesas do imóvel em que vive, fazer investimento ou gastar como quiser.

Valorização do imóvel

Manter um imóvel ocupado e em uso ajuda a preservar a estrutura e aparência, contribuindo para a sua valorização a longo prazo. Além disso, um imóvel bem cuidado e frequentemente atualizado para atender às demandas do mercado tende a se valorizar mais rapidamente.

Flexibilidade financeira

Alugar seu imóvel também traz mais flexibilidade, pois permite que você se mude para outro lugar ou viaje com tranquilidade. Além disso, também é possível alugar seu imóvel por temporada, por exemplo, dependendo da necessidade e demanda do mercado.

Segurança 

O aluguel também oferece segurança financeira, principalmente em momentos de incertezas econômicas. Outro ponto é a segurança jurídica, pois o contrato de locação fornece garantias, como fiador, seguro-fiança, caução, entre outros, que ajudam a proteger o locador em caso de inadimplência ou danos na propriedade.

Passo a passo completo para alugar seu imóvel

Agora que você já sabe as vantagens de alugar seu imóvel, vamos para o passo a passo de como fazer isso. Separamos as melhores dicas para fazer um excelente negócio de locação. Veja:

1. Organização do imóvel

O primeiro ponto crucial para alugar seu imóvel é garantir que ele esteja em boas condições para moradia. Isso envolve realizar vários reparos, analisar as instalações, garantir que sistemas elétricos e hidráulicos estejam funcionando corretamente, conferir a pintura e realizar uma limpeza geral.

A casa ou apartamento deve estar bem apresentável e usável, pois isso influencia totalmente na decisão do locatário, no valor do aluguel e na rapidez que o local é escolhido e ocupado.

2. Definição do valor de aluguel

Posteriormente, é necessário fazer uma pesquisa de mercado, comparando o seu imóvel com outros similares na região. Você também pode contratar um corretor de imóveis ou uma imobiliária, como a Imobiliária João Costa, para fazer uma avaliação profissional e ajudar nessa tarefa. 

Com ajuda de um profissional de imóveis, por exemplo, fica mais fácil encontrar um valor justo, nem muito alto e nem muito baixo, para alugar seu imóvel.

💡LEIA TAMBÉM: Como calcular o imposto de renda sobre aluguel?

3. Divulgação

Para divulgar o imóvel, você pode usar os mesmos sites que usou para pesquisar o valor do aluguel, ou outros canais, como redes sociais, jornais, revistas, etc. 

Uma outra alternativa é colocar uma placa no imóvel, informando que ele está para alugar, e o seu contato. Por outro lado, a melhor escolha é deixar essa parte por conta da imobiliária, principalmente quando você opta por utilizá-la para fazer a intermediação de negociações.

A imobiliária possui uma lista enorme de contatos e diversos canais de divulgação de imóveis, com isso aumenta o leque de pessoas interessadas em alugar sua propriedade. 

No fim das contas, o importante é fazer uma divulgação ampla e eficiente, para alcançar o maior número possível de interessados.

4. Documentação

Organize toda a documentação necessária. Isso inclui:

  • Cópia do RG e CPF do proprietário;
  • Escritura da residência;
  • Certidão negativa de ônus e alienações;
  • Certidão negativa de débitos imobiliários;
  • Dados bancários para pagamentos;
  • Laudo de vistoria;
  • Regulamento interno de condomínio (se o imóvel fizer parte de um condomínio).

Já o inquilino deve apresentar:

  • Cópia do RG e CPF;
  • Comprovante de renda;
  • Certidão negativa de antecedentes criminais;
  • Comprovante de residência atual;
  • Dados bancários para pagamento de caução ou fiador.

5. Triagem de inquilinos

Após os passos anteriores, é importante tomar cuidado com a seleção dos potenciais inquilinos. Aqui, você pode analisar algumas referências sobre a pessoa, histórico de crédito e estabilidade financeira. Uma boa triagem previne problemas futuros, como inadimplência ou até mesmo danos ao imóvel.

6. Agendamento das visitas

Com a lista de possíveis inquilinos, é importante marcar as visitas à casa ou ao apartamento. Essa etapa é essencial para que as pessoas possam conhecer o imóvel, verificar suas características estruturais, a região em que está localizado e tirar todas as dúvidas. 

Você deve prestar atenção ao comportamento e perguntas dessas pessoas, principalmente para avaliar os seus interesses e compatibilidade com o imóvel.

7. Elaboração do contrato

Depois de muitas conversas, negociações e definição do locatário, é essencial se atentar para a elaboração do contrato. Ele é um documento que formaliza a relação entre o locador e o inquilino, e que possui cláusulas e condições para serem acordadas entre as partes. 

O documento deve ser o mais claro possível, seguindo as normas da Lei do Inquilinato e do Código Civil. O contrato deve conter informações de dados pessoais das partes, descrição do imóvel, o valor do aluguel e entre outros itens. É de suma importância que este documento seja redigido por um advogado ou por uma imobiliária. 

8. Gestão organizada

Após alugar seu imóvel, é crucial manter uma gestão organizada de todos os recebimentos dos aluguéis, manutenções periódicas e disponibilidade para resolver qualquer dúvida ou emergência. Entretanto, essa parte é parcial, principalmente quando você conta com ajuda de uma imobiliária.

Quando você tem o apoio de uma imobiliária, torna-se mais fácil realizar uma gestão eficaz. Isso porque algumas das responsabilidades são terceirizadas, ou seja, a imobiliária fica responsável por atender o locatário e tirar todas as dúvidas, por exemplo. É um ponto importante se você busca por mais tranquilidade durante a locação.

Por que escolher uma imobiliária ao alugar seu imóvel?

No passo a passo anterior, você viu tudo o que precisa fazer para alugar seu imóvel. Além disso, também existem duas formas de colocar isso em prática: por conta própria ou através de uma imobiliária. A opção mais segura e tranquila é optar por uma imobiliária para te ajudar em todo o processo. 

Embora seja totalmente possível gerenciar a locação sem auxílio de terceiros, a experiência oferecida por uma imobiliária competente e profissional possibilita simplificar cada etapa necessária. Veja os principais benefícios abaixo:

Expertise

As imobiliárias possuem um grande conhecimento do mercado local, incluindo preços de aluguel e demanda por casas e apartamentos. Tudo isso é importante para definir o valor correto do aluguel e definir as estratégias de divulgação. 

Marketing

Além da expertise, as imobiliárias também têm muitos recursos e estratégias para divulgar o imóvel de maneira eficiente. Elas utilizam de Instagram, Facebook, WhatsApp, E-mail e outros canais que possuem banco de dados de clientes para alcançar potenciais inquilinos ao seu imóvel.

Gestão de documentação

Uma imobiliária também cuida de toda a documentação necessária, desde a verificação dos documentos do proprietário e do inquilino até a elaboração e assinatura do contrato de locação. Você não precisa se preocupar com nada em relação a isso, pois a empresa garante que todos os aspectos legais estejam cobertos.

Assistência jurídica

Outro benefício de alugar seu imóvel com apoio de uma imobiliária é devido à assistência jurídica. Uma imobiliária tem acesso a advogados especializados, o que é crucial para garantir que o contrato de locação esteja em conformidade com as leis vigentes.

Gestão financeira

A imobiliária é responsável pela cobrança do aluguel e toda a gestão financeira do imóvel. Em casos de inadimplência, é ela que tomará as medidas cabíveis para resolver essa situação. 

Atendimento

Ela também atua na intermediação entre o proprietário e o inquilino, ou seja, realiza o atendimento para gerenciar as questões de manutenção, dúvidas e reclamações. Isso poupa o proprietário de estresses e desgastes no relacionamento direto com o inquilino.

Tranquilidade

Por último, ao contar com ajuda de uma empresa para alugar seu imóvel, possibilita que você tenha mais tranquilidade e conveniência. Com profissionais experientes gerenciando o seu imóvel, permite que você se concentre em outras atividades, sem se preocupar com a tarefa de gestão da propriedade.

Então, conseguiu entender todos os passos para alugar seu imóvel? Ao colocar tudo em prática, temos certeza que você terá bons frutos financeiros, garantindo uma fonte de renda estável e mantendo o valor de seu imóvel em dia.

Esperamos que todas as dicas sejam úteis para colocar em prática essa atividade!
Caso você tenha um imóvel para alugar em Palhoça ou na Grande Florianópolis, entre em contato com a Imobiliária João Costa. Nossos corretores estarão totalmente disponíveis para te ajudar!